Blog de Jonathan Nemer
   
BRASIL, Sudeste, MARILIA, Homem, de 20 a 25 anos, Portuguese, English, Cinema e vídeo, Esportes
MSN -
Histórico
Outros sites
UOL - O melhor conteúdo
BOL - E-mail grátis

Votação
Dê uma nota para meu blog

 


O divórcio leva embora o cônjuge e o caráter?



Escrito por Jonathan Nemer às 22h35
[] [envie esta mensagem] []




Vídeos de Jonathan Nemer

Tenho um amigo que se ver o título deste texto vai me zuar. Vai dizer: "Tá virando estrelinha já, tá se achando. Colocando o nome na 3º pessoa". Ele tem razão, era mais fácil eu colocar no título Meus vídeos. Pois o blog é meu. Do Jonathan Nemer. Tá bom, tá bom. Não vou falar mais na 3ª pessoa.

Mas vim aqui para contar que sou apaixonado por humor, e apaixonado por cinema e televisão. Sempre me imaginei escrevendo roteiros e atuando. Humor para mim é fácil. Apesar de ser muito difícil adivinhar o que vão achar engraçado ou não.

Sempre tenho idéias, mas as vezes elas acabam morrendo sem serem realizadas. Em algumas oportunidades elas sobreviveram... antes tivessem morrido, porque algumas ficaram muito ruins. Enfim... aí seguem alguns vídeos meus que, a meu ver, deram certo, e tiveram o retorno que eu esperava.

Funk do Tiago Leifert 

Esse funk é uma paródia de um Funk que o Tiago Leifert havia feito para o Val Baiano. Naquela música ele cantava: "Val Baiano é melhor que Adriano". Nesta eu o comparei ao "brimo" William Bonner. (Sabiam que ele era brimo?) Voltando. Tentei copiar o cartão de notícias, a camisa rosa, a camiseta branca, o microfone de lapela, o relógio... só a dancinha que eu não tentei imitar... sou desajeitado mesmo! No vídeo tem um link para assistir o original. Você pode clicar e comparar. Aí vai perceber que o meu ficou ruim demais. Mas deu certo. O povo gosta de coisa ruim rssss....

É o meu mais visto. Até o próprio Tiago Leifert viu e comentou

 

 http://twitter.com/TiagoLeifert/status/17994018172

 

Sátira do mendigo americano com voz de locutor

Nesse vídeo, logo que vi o Ted Williams na TV já tive a idéia de fazer uma sátira em um lugar parecido da minha cidade, mas ao invés da voz bonita, uma voz feia. O problema foi gravar. Alguém conseguiria dirigir e filmar ao mesmo tempo? Testei sozinho e vi que seria difícil alguém filmar e dirigir ao mesmo tempo. Desisti da idéia. 2 semanas depois, pensei melhor que precisava gravar. Resultado? Coloquei uma pessoa pra dirigir, outra pra filmar. Peguei as roupas que tinha e tentei ficar o mais parecido possível com ele. E não é que eu tenho cara de mendigo também? Fiquei muito bem hahahahahaha.

 

Discurso oficial do Lula Pró-Dilma

Antes de tudo preciso confessar que o discurso não era oficial. Fui eu que fiz. Não era o Lula... Melhor explicar, vai que alguém acha que era o Lula.

 

Mexeu com o Galvão, Mexeu comigo!!!

Esse vídeo foi o que mais teve visualizações em menos tempo. Lembro que em menos de 24 horas, já tinha mais de 2 mil acessos, e em 48 horas, tive mais de 4 mil. Motivo isso ao fato de ter sido postado logo após um jogo do Brasil pela Copa, e todos estavam na internet, falando CALA BOCA GALVÃO. Acho que por isso foi bem acessado. Mas também... só nego me xingando. Aqui quis fazer uma sátira ao rapazinho (leia biba) havia feito defendendo a Xuxa: Mexeu com a Xuxa, mexeu comigo. Mas com ele deu mais certo. Tanto é o risco de defender o Galvão, que quis me caracterizar, para ninguém me reconhecer, e me bater na rua, por tê-lo "defendido".

 

Maria Gadú cantando nova versão de Shimbalaiê (Tchutchuê)

A Maria Gadú veio fazer um show na região da minha cidade, e toda hora mostrava ela cantando Shimbalaiê. Pensei: Essa palavra combina com Tchutchuê. Fiz uma versão e pronto. Zuera pronta. A única coisa ruim, foi que disseram que eu fiquei mais feminina que ela. Tenho culpa dela ser tão macho?


Essa semana a loucura ficou pior ainda. Fizeram uma comunidade no orkut para meus vídeos. Até motivou esse meu post. Então se alguém tiver orkut e quiser entrar na comunidade, eu não recomendo. Mas se mesmo assim, quiser entrar... http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=110816368

 

Até o próximo post... ou até o próximo vídeo.



Escrito por Jonathan Nemer às 10h26
[] [envie esta mensagem] []




Blogando do celular

Esse é minha primeira postagem direto do celular. Está dando muito trabalho para digitar. Então não vou blogar mais não.



Escrito por Jonathan Nemer às 09h59
[] [envie esta mensagem] []




Quais as características típicas de sua origem?

Voltando hoje de viagem, estava pensando sobre alguns detalhes de minha origem, começando pelos meus avós.

Do lado paterno, meu avô Sami, teve carreira militar no Líbano. Uma profissão tipicamente libanesa. Se perguntam qual a profissão mais desejada para os jovens libaneses, de plano responderão trabalhar no exército.

Minha avó Laudy, era a típica libanesa Dona de casa, que cuidava da casa e dos 5 filhos homens.

Do lado materno, meu avô Zico (in memoriam) era caminhoneiro, também uma profissão de raiz em nosso país. Quando criança, quantos amigos diziam que queriam ser caminhoneiros, pelo encanto das máquinas enormes e super potentes. Nenhum deles foi caminhoneiro. 

Minha avó Rita (in memoriam), era a típica mulher brasileira, que nasceu na roça, se casou cedo e também viveu para a família. 15 partos, sendo que 3 faleceram ainda crianças, e 12 cresceram.

Dos 5 do lado paterno, 1 deles é meu pai. Dos 12 do lado materno, uma delas é minha mãe. Os outros 15 são tios (Sério???). OBS: Essa até o Tiririca acertava. 5+12-2=15.

Considerando nossa origem terrena, é fácil mostrar nossa tipicidade com o local que moramos, com a profissão que exercemos, bem como a forma que vivemos.

E se considerarmos nossa origem espiritual? Temos nos mostrado ser tipicamente cristão? Temos mostrados atitudes cristãs?

Infelizmente, até pouco tempo atrás havia uma uniformidade de conduta por parte dos cristãos. Em decorrência da abertura de inúmeras igrejas e de pregadores irresponsáveis, passamos a ver ensinamentos distorcidos, que fizeram com que os cristãos não tivessem mais um elo de ligação em suas condutas, já que as disparidades no agir, são gritantes.

Que todos possamos ser maduros o suficientes para ouvir o que nos é ensinado, mas julgar e confrontar com o que diz na Bíblia, já que muitos desses cristãos usam como escrituras as bobagens que ouvem de seus líderes.

Que possam ter condutas e caracteristicas tipicas de Jesus, nossa Origem (Alfa) e nosso Fim (Omega): amor, compaixão, perdão e ensino através do discipulado pessoal, com nossos "discípulos" do trabalho, da faculdade, da academia, e de tantos outros lugares.

Essa é a melhor forma de comunicar as características típicas daquele que é nossa origem, e não praticando ações de caráter duvidoso, que acabam expondo e queimando nossa pátria... e quando digo pátria não estou me referindo ao Líbano, nem ao Brasil, mas a nação que somos... ou que deveríamos ser.



Escrito por Jonathan Nemer às 12h37
[] [envie esta mensagem] []




Não entendo essa droga de país!

Não sei se vocês sabem, mas sou apaixonado por política, e meu sonho é um dia ser Senador ou Deputado Federal, para criar leis que abranjam todo o território nacional, além de que, as leis que tenho desejo de modificar, não são de competência do Município ou do Estado legislar.

Não entendo algumas coisas nessa droga de país, que me revoltam muito.

Não entendo como em toda eleição se discutiu casamento gay, aborto, legalização de drogas e Sistema e Plano de Governo ficou de fora. Os eleitores atribuem ao candidato a Presidência matérias que os Deputados e Senadores vão votar, aprovar, ou vetar. Precisávamos saber a opinião deles para tais assuntos e não do Presidente, que nada vai fazer, já que, ainda que o Presidente vete tais projetos de Lei, o Congresso pode Sancionar.

Tenho vontade de ser Senador ou Deputado Federal, para fazer Leis que tornem o consumo acessível.

Conheço inúmeros países em que o pobre pode ter carro, pode ter perfume importado e roupas de marca.

No nosso não. Pobre rala pra comprar uma moto usada, tem que comprar perfume da Avon (com todo respeito) e roupas de Marca só em brechó ou ganhadas de quem já usou e não quer mais.

Não entendo essa droga de país.

 

- O governo se gaba de termos a 2ª maior base petrolífera do mundo. GRANDE COISA, O PREÇO QUE PAGAMOS NA GASOLINA É O MAIS CARO DE TODA AMÉRICA DO SUL. COMO PAÍSES MENORES, MAIS INSIGNIFICANTES CONSEGUEM VENDER MAIS BARATO? PORQUE A PORCARIA DA PETROBRÁS, QUE É A 2ª MAIOR DO MUNDO NÃO CRIA CONDIÇÕES PARA QUE POSSAMOS ENCHER O TANQUE SEM ESVAZIAR O BOLSO?

- Como pode termos fábricas e fábricas de carros no Brasil, sendo que o mais barato é um Uno Mille 1.0 vagabundo, que não tem nada. É só o carro, os pneus e o motor. Isso por apenas R$ 22.000,00.

Não entendo essa droga de país que vende um Corolla novo a R$ 70.000,00 e nos EUA custam apenas U$ 17.000,00, equivalente a menos de R$ 30.000,00.

Isso porque temos fábrica da Toyota aqui.

 

Espero que um dia eu possa me candidatar, e se Deus quiser ser eleito. Vou fazer uma reestruturação nas leis. BENS DE CONSUMO DEVEM SER ACESSÍVEIS A TODOS!  Atualmente, não estão acessíveis nem para os da Classe Média, mas apenas para os da Classe Alta.

Lei que existe em alguns países, por exemplo, todo e qualquer carro zero, precisa ter vidros, travas, direção e ar condicionado. TODO E QUALQUER CARRO, e as montadoras tem que fazer isso, num carro que não passe de R$ 20.000,00.

Se não cumprirem, abaixa o Imposto de Importação e permite a entrada de carros de fora, e concorreriam de igual pra igual.

 

Coisas assim me revoltam, e me fazem querer entrar na política para possibilitar que eu e a população compre um carro top de linha, sem ter que vender a alma para a financeira. Encher o tanque do carro sem esvaziar o bolso e a conta.

Isso que o Serra e a Dilma tinham que estar discutindo. Revoltante.



Escrito por Jonathan Nemer às 10h23
[] [envie esta mensagem] []




A Fabulosa fábula da consequência do voto inconsciente

Eleições. De 2 em 2 anos elas chegam. Agridem, sujam, conquistam. Mas se você não for coerente com suas crenças, seus princípios e valores, pode se arrepender por no mínimo 4 anos, e no máximo por toda sua vida.
Uma das consequências que você pode ter, encontrei nesse texto que é muito interessante, e atinge apenas um dos pontos que serão atingidos caso não pense em quem votar. Vamos lá:
"Uma mulher chega apavorada no consultório de seu ginecologista e diz:

- Doutor, o senhor terá que me ajudar num problema muito sério. Este meu bebê ainda não completou um ano e já estou grávida novamente. Não quero filhos em tão curto espaço de tempo, mas num espaço grande entre um e outro...

O médico então perguntou:

- Muito bem.. O que a senhora quer que eu faça?

A mulher respondeu:

- Desejo interromper esta gravidez e conto com a sua ajuda.

O médico então pensou um pouco e depois de algum tempo em silêncio disse para a mulher:

- Acho que tenho um método melhor para solucionar o problema. E é menos perigoso para a senhora.

A mulher sorriu, acreditando que o médico aceitaria seu pedido. Ele então completou:

- Veja bem minha senhora, para não ter que ficar com dois bebês de uma vez, em tão curto espaço de tempo, vamos matar este que está em seus braços.

Assim, a senhora poderá descansar para ter o outro, terá um período de descanso até o outro nascer. Se vamos matar, não há diferença entre um e outro. Até porque sacrificar este que a senhora tem nos braços é mais fácil, pois a senhora não correrá nenhum risco...

A mulher apavorou-se e disse:

- Não doutor! Que horror! Matar uma criança é um crime.

Disse o médico:

- Também acho minha senhora, mas me pareceu tão convencida disso, que por um momento pensei em ajudá-la.

O médico sorriu e, depois de algumas considerações, viu que a sua lição surtira efeito. Convenceu a mãe que não há menor diferença entre matar a criança que nasceu e matar uma ainda por nascer, mas já viva no seio materno.

O CRIME É EXATAMENTE O MESMO!!!!!


Tirar uma vida, não pode ser legal. Só Deus o pode fazer."
Quando vejo o Lula falando, VOTE COM CONSCIÊNCIA COM AQUELA VOZ ROUCA, logo penso, que burro, ele está fazendo propaganda contra a Dilma, porque não tem como ser CONSCIENTE E VOTAR NA DILMA.
SE VOCÊ É DE SÃO PAULO, NÃO VOTE NA MARTA PARA SENADORA, E SE VOCÊ NÃO É DE SÃO PAULO, NÃO VOTE EM SENADORES OU DEPUTADOS DO PT.
SE VOCÊ É DO BRASIL, NÃO VOTE NA DILMA.
MEU VOTO É MARINA SILVA. E NÃO ABRO MÃO. VOTE 43


Escrito por Jonathan Nemer às 11h21
[] [envie esta mensagem] []




Maldita Liberdade - Viagem ao Libano - Parte 2

Liberdade. Sempre lutaram pela liberdade. É natural esperar que a pessoa deseje a liberdade. Mal sabe ela o mal que está por trás disso tudo.

Todos dizem que em todas as coisas existe um lado bom e um lado ruim. Com a Liberdade não é diferente. E não estou falando do bairro de SP, Liberdade. Mas lá também não é diferente. O lado bom de lá, é que todos são japoneses, é como se você fizesse um intercambio para o Japao sem sair do Brasil. O Lado ruim é que muitos deles são muito porcos e o cheiro chega a ser insuportavel.

Mas a Liberdade que me fez escrever, é a liberdade de viver. A Liberdade de fazer escolhas e tomar decisões. Maldita Liberdade.

Maldita hora quando nos ensinaram que nós podiamos dizer não. Maldita liberdade.

Maldita hora quando os cultos se tornaram livres no Brasil. Maldita hora.

Existem países em que nada é livre, e as coisas são feitas com mais paixão, com mais amor, como o empenho de ensinar os filhos com afinco as coisas de Deus, e as coisas de sua fé, independente ela qual seja, pois a religião aqui não é livre. O que sua família é, você é.

Na liberdade, os pais cristãos não se dedicam aos seus filhos. Não se dedicam nem a si mesmos.

Um casamento arranjado nos parece tão antiquado, tão infeliz. Mas os presos a esses casamentos são felizes. E mais importante. Não são livres. São presos. São presos na certeza que a palavra do casamento dada pela família tem mais valor que promessas, presentes, cartas, juras e uma aliança.

Presos a algo que é ensinado desde cedo. Escolher para sempre.

A Liberdade nos permite provar de tudo. A Liberdade permite fazermos com que a vida seja um self-service. Pegamos um pouco de tudo. Infelizmente as coisas mais gostosas fazem mal. Doce é uma delicia, mas muito doce faz mal.

Se não fossemos livres talvez nunca sabessemos que o doce é bom, nem ficariamos com a cabeça nele quando comecemos apenas o salgado.

Maldita Liberdade. Preferia nunca tê-la conhecido. Ela faz eu dormir inseguro, faz eu dormir preocupado, e as vezes me impede de dormir.

As vezes a Liberdade tem sabor de inferno. No começo tem um gosto bom, mas no fim se torna quente e aniquilador.

Maldita liberdade. As vezes penso que gostaria de estar preso, mas é esse o ponto do Cristianismo. Ser Livre, e conseguir continuar "preso" à Jesus.



Escrito por Jonathan Nemer às 12h23
[] [envie esta mensagem] []




Viagem ao Libano - parte 1

Tem tanta coisa, tanto detalhe para falar, que seria cansativa demais a leitura, e a UOL tiraria meu blog do ar. Entao nao vou escrever nada. Ateh mais povo.

 

 

 

Brincadeira vai. Nem pensei em postar soh aquilo (ta bom vai, cheguei a pensar sim).

 

Estar aqui eh a realizacao de um sonho meu. Conhecer meu segundo pais, de onde metade de minha origem veio.

A cidade que estou se chama Rashaya El Wade, e parece tipica cidade europeia, com casas feitas de pedras e cercadas de montanhas.

Estou conhecendo meus tios avos. Irmaos do meu avo.

Aqui que comecou o Nemer, que aqui se escreve Nemr.

Acho engracado minha tia avoh de 70 anos falando em arabe comigo, um monnnnte e eu nao entendo nada.

O pessoal fala pra ela que eu nao entendo, e ela para, depois sozinha ela vem e fica falando. Muuuuuito engracado.

Gravei um video com ela, depois posto.

Mas o que mais me impressiona eh a simplicidade das pessoas, fraternidade e amor uns pelos outros.

Uma cidade sem violencia, em que as pessoas deixam os carros nas ruas, com as chaves dentros. Uma cidade que nao existe emprego pra todo mundo, e o parente que trabalha sustenta os outros, e um respeito e obediencia aos pais impressionante.

Dificil imaginar essas coisas, que o homem aqui ainda nao corrompeu.

Depois escrevo mais. Teh povo



Escrito por Jonathan Nemer às 13h39
[] [envie esta mensagem] []




Intervalos de tempo e memórias de Copas

Há 2 dias, ultrapassamos os 30 dias do mês de Junho de 2010, e passamos da metade do ano.

6 meses que vale por um ano inteiro. Conhecemos pessoas novas, fazemos novas amizades. Pessoas morrem, pessoas nascem. Brigas, consertos de brigas. Assunto e ocupação que vale por todo ano.

Sempre costumo marcar minha vida em época da Copa do Mundo.

A Primeira Copa do Mundo que acompanhei fielmente, foi a Copa de 1994, nos Estados Unidos, e assisti a Final em minha casa. Lembro que naqueles dias da Copa, estava com 9 anos e fiquei com muita febre.

Tinha tanta febre que dormia e tinha pesadelos estranhos. Nada de mais acontecia, apenas visualizava umas figuras abstratas, mas eu acordava sem parar e não conseguia dormir.

Já na Copa de 1998 estava com 13 anos, e jogava futebol na rua com os amigos. Me empolgava tanto com a Copa, que logo após colocávamos tijolos fazendo os gols na rua, e ía empolgado esfolar todo o joelho no asfalto.

Já na Copa de 2002, estava com 17 anos, tinha acabado de dar meu primeiro beijo, havia ido em uma festa dançante de uma amiga que fez 15 anos, e pela primeira vez chegava tarde em casa. Cheguei tão tarde, que quando acordei da festa era a Final da Copa do Mundo, Brasil X Alemanha. Fiquei direto acordado pra assistir, e depois que fomos campeões, fomos para a chácara de uma tia para almoçar.

Lembro que foi o dia que mais dormi na vida. Dormi às 17 hs da tarde, e acordei às 13 horas do dia seguinte.

Na Copa de 2006 eu estava fazendo faculdade de Direito e precisei trocar os 4 pneus do meu carro. Lembro bem, pois começava a colocar juízo na cabeça e percebi que não valia a pena brincar com o carro, pois era uma brincadeira bem cara, principalmente para um muleque de 21 anos.

Nesta Copa de 2010, acabei de sofrer a eliminação. Estou bastante triste. Nem sabia que me importava tanto com a Seleção, mas doeu.

Neste ano de 2010, não sei o que vou lembrar para sempre. Trocar pneus de carro já se tornou "esquecível". Esfolar o joelho na rua também. Pesadelos por conta da febre nunca mais tive. Agora os pesadelos são mais reais.

Prefiro deixar em aberto o fato que me marcou durante essa Copa e que vou levar para o resto da vida. Pois, seria precoce demais determinar algo marcante agora. Deixa para daqui uns anos.

Mas o que quero dizer, é que a vida passa tão rápido. A próxima Copa, estarei com 28/29 anos, e não sei como estarei. Não sei qual fato será marcante. Um casamento, o nascimento de um filho, a morte de alguém querido, uma promoção profissional, ou uma dispensa sem justa causa? NÃO SEI.

O importante é estar preparado, e firmado em algo sólido. NÃO SEI COMO VAI SER. NÃO SEI NEM SE ESTAREI VIVO.

SEI QUE CADA DIA QUE PASSA, É MILÉSIMO DE SEGUNDO, DE UM FILME QUE TEM SIDO MINHA VIDA, E DEPENDE BOA PARTE DE MIM SABER SE TEREI UM FINAL FELIZ OU NÃO. DEUS FAZ A PARTE DELE, MAS PRECISAMOS FAZER A NOSSA. QUEM SABE ESSA COPA DE 2010 SEJA A COPA EM QUE PASSEI A ENTENDER ISSO. QUE DEUS NÃO JOGA SOZINHO, PRECISAMOS COLABORAR COM ELE.

DE QUE ADIANTA PEDIRMOS MUDANÇA PRA DEUS, SE NÃO DEIXAMOS ELE TRABALHAR.

DE QUE ADIANTA CANTARMOS REINA EM NOSSAS VIDAS, SE AS MÃOS DE JESUS AINDA ESTÃO PREGADAS, E A ÚNICA COROA QUE ELE USA É A DE ESPINHOS.

ESSA PODE SER A COPA, EM QUE JESUS NA MINHA VIDA, ESTEJA SEM A COROA DE ESPINHOS, MAS COM UMA COROA DE REI, E CUJAS MÃOS ESTÃO LIVRES E SOLTAS PARA MUDAR E MOLDAR.

SÓ.



Escrito por Jonathan Nemer às 15h58
[] [envie esta mensagem] []




Trailer de meu primeiro Curta de Ação "Mente em Guerra"

Esse não é exatamente o trailer, mas uma prévia, preparação para o curta metragem que gravaremos no segundo semestre deste ano.

Foi uma idéia meio doida o roteiro do Curta, e tenho certeza que será bem aceito, e quem sabe no futuro não se transforme em um Longa.

Lembro mais uma vez, esse vídeo é uma espécie de preparação para o que vem pela frente, pois a tendência é um curta muito intenso, que vai fazer a sua mente ficar em guerra... só espero que não façam guerra comigo rssss...



Escrito por Jonathan Nemer às 11h56
[] [envie esta mensagem] []




Agora tudo faz sentido...

Estava assistindo o Jornal Hoje, HOJE, enquanto almoçava, quando o apresentador deu uma notícia bombástica que abriu meus olhos e tudo passou a fazer sentido.

Era uma matéria de fumo, cigarro e as consequências que o fumo traz.

Foi informado que: "Quem fuma, fica com a pele flácida e com rugas profundas".

Na hora me deu um aperto no coração, fiquei muito decepcionado.

MINHA VÓ DEVE ESTAR FUMANDO MEU!!!

Poxa, nessa idade. Fiquei muito triste mesmo.

No Natal já sei o que dar pra ela: ou aqueles adesivinhos contra nicotina, ou aqueles chicletes. Se bem que ela é banguela, não poderia mascar os chicletes. Vou dar os adesivos mesmo.



Escrito por Jonathan Nemer às 14h37
[] [envie esta mensagem] []




KABOIIIINNNGGGGG

Fico feliz com mais uma marca quebrada em meu blog. 14 mil acessos. Marca quebrada, e quebrados os leitores.

Por incrível que pareça alguns entram mais de uma vez. Não bastasse queimar o filme logo na primeira lida, voltam... não sei porque, mas voltam.

Quero agradecer a todos. E no auge do Blog, tive um recorde de comentários em uma postagem. 1222 Comentários.

OOPSSS.. ERREI. Foram só 12. Apertei mais 22 na empolgação, mas tá ótimo.

Na penúltima postagem, sobre "A Genialidade da Loucura" tive alguns comentários anônimos me elogiando tanto que fiquei até constrangido e preferi tirar. Ele chegou a me comparar com o Colunista José Simão. Por esse motivo o titulo desse post. KABOIIIIINGGGG pra ele... ou ela... ou... (como me refiro se não for nem ele, nem ela?).

Enfim...

 

Essa semana tivemos 2 notícias muito legais:

NOTÍCIAS LEGAIS DA SEMANA:

NOTÍCIA 1- O GRUPO É O TCHAN ESTÁ DE VOLTA: Que beleza. Logo de cara já ajuda a revista sexy e playboy, que em breve terão as morenas, loiras, mestiças e negras do tchan estampadas em suas capas. Depois essas mesmas dançarinas ficarão famosas, e dirão que se arrependeram de ter posado nuas, e que nunca mais vão posar. A morena vai casar com o "Cumpadi Uóxinton" e vai leva uma surra dele e vai se separar. A loira vai entrar na "Fazenda 12" daqui uns anos, onde o nadador César Cielo também estará participando, e eles engatarão um romance. Não sei porque, mas sinto isso. Bem legal.

NOTÍCIA 2- SE FOR CAMPEÃO DA COPA, MARADONA AFIRMOU QUE CORRERÁ PELA ARGENTINA PELADO: Agora o Dunga vai ter o que sempre quis: O BRASIL INTEIRO APOIANDO SEU TIME. Melhor apoiar o time do Dunga do que ver o TÉCNICO HERMANO COM CORPO DE ATLETA (RONALDO) correndo pelado.

Mais uma crítica ao Maradona é quanto à sua convocação.

Ele é muito BURROOOO. Convocou o MESSI.

Quem dera se ele tivesse a sabedoria do Dunga. O Dunga agiu perfeitamente. Não é porque o NEYMAR está arrebentando que ele precisa ir pra COPA. Precisamos poupá-lo.

Infelizmente o Maradona não fez o mesmo. Pegou o MESSI, tão novinho, inexperiente, e já o convocou. Aiaiii... BURRO DEMAIS.

Agora chega. KABOINGGGGGG. O Jonathan Simão encerra por aqui. Por gentileza, se for comentar anonimamente, não elogia tanto que fica chato. A próxima vai falar que tenho a elegância do William Bonner, e vou ter que apagar o comentário de novo, pra não criar inveja em quem lê.

Até mais.



Escrito por Jonathan Nemer às 14h11
[] [envie esta mensagem] []




Conto de Fadas não existe... mas existe Final Feliz

Desde o início de minha vida, bem como, desde o início deste blog, eu acreditava seriamente em um Conto de Fadas, esperando a garota perfeita, tentando ser o príncipe perfeito, cavalos e arco-íris... bom... arco-íris não, porque é coisa de boiola. Mas sonhava com princesa, final feliz, unicórnio... pera aí... unicórnio também é coisa de boiola.

Vou começar de novo.

Sempre fui muito chato em relação à namoro, casamento, pensando que, quando encontrasse a "mulher dos meus sonhos" deveria ter sensações inéditas, arrebatadoras, que me fizessem sentir que era essa ou aquela.

Infelizmente, a cada dia que passo, começo a desistir de acreditar na hipótese que existe Conto de Fadas.

Como em uma Monografia, temos um problema e hipóteses para solucioná-los, mas que ao final algumas são confirmadas ou refutadas. Conto de Fadas era um "problema", que foi refutada... infelizmente.

Tenho enxergado de outra forma.

Precisamos nos imaginar um quebra-cabeças, em que temos formas e encaixes diferentes, precisando encontrar outra pessoa que encaixe e melhor adapte conosco.

Como um quebra-cabeças, pode não parecer tão emocionante, mas é um "jogo" mais racional, mais paciente, mais inteligente. E ao final das contas, quem conseguir concluir e terminar o jogo, ou seja, a figura, sairá vencedor, com uma bela imagem.

Já o Conto de Fadas que eu aguardava, era recheado de emoções, frio na barriga, alegria eletrizante, pulos e vitórias, como em um Vídeo Game. Mas devemos lembrar, que as emoções que vem com tudo ao nosso coração, também pode sair com tudo nele.

Existe a derrota, existe situação em que você não consegue passar de fase (não estou falando só do vídeo game, se é que me entende), e principalmente, o mais dolorido: EXISTE O GAME OVER.

Como existem em alguns Fliperamas, basta você apertar o START e começa de novo. Mas como não temos um Fliperama em casa, e temos que jogar pelo mundo afora, existe uma ficha para jogar de novo, e ela tem um preço. Alguns já pagaram tantas fichas que estão totalmente DUROS para jogar de novo, e assim, acabam sem jogar nada. Nem mesmo um Quebra-Cabeças.

Espero que as pessoas não percam meses ou anos de suas vidas na frente de uma televisão e vídeo game deixando a vida passar, mas que inicie desde já (independente de sua idade), a montar seu quebra-cabeças. É um jogo para toda e qualquer idade, e quanto mais tempo demorar, é porque tem mais peças, e o final vai ter valido muito a pena.

Vai formar uma imagem que todos vão admirar, e querer montar um igual.

Meu quebra-cabeças já está na mesa. Resta encontrar algumas peças que ainda não estão nela. Ou já estão e não estou as encontrando.



Escrito por Jonathan Nemer às 09h32
[] [envie esta mensagem] []




A genialidade da loucura

Tem uma frase que eu acho muito engraçada e muito real ao mesmo tempo.

"De médico e de louco, todo mundo tem um pouco". Engraçado porque tem rima, e imagino o Cajú e Castanha fazendo repente com essa letra. Brincadeira.

O que quero dizer é que todos realmente fazem as vezes de médico para passar receitas e "superstições medicinais" para curar determinada dor ou doença, e que todos tem um Q de louco. ***INTERVALO*** ACABEI DE PENSAR. PORQUE AS PESSOAS COSTUMAM FALAR UM Q DE LOUCO, UM Q DE MÉDICO, UM Q DISSO E DAQUILO? AS PALAVRAS NEM TEM Q. SE ALGUÉM SOUBER ME EXPLICA. ACABEI DE PERCEBER, MAS GOSTARIA DE SABER DE ONDE TIRARAM ESSE Q. QARAMBA VIU. Q SAQO. ***FIM DO INTERVALO*** TODOS DE VOLTA PRA AULA

Nesta noite na academia tinha um cara com uma camiseta da Polícia Militar e eu perguntei se ele era policial. Pergunta que parece idiota até a resposta: o cara disse que não, que só usava a camiseta porque gostava. Agora minha pergunta não pareceu tão idiota assim né? Ele que pareceu.

Aí eu perguntei o que ele fazia, trabalhava... ele demorou pra responder, pensou e disse professor. Eu mandei outra pergunta aparentemente idiota, se ele dava aula, e ele idiotamente respondeu que não.

Já comecei a ver que ele era meio pancada.

Então ele explicou que estava estudando pra entrar em um mestrado, e estava escrevendo sobre existencialismo, que ele é existencialista. Eu perguntei como assim: e ele falou que repara no comportamento das pessoas, mas nada ligado a psicologia. Ah, sinceramente nem entendi direito, só que ele quis dar um exemplo.

Ele disse que me observando na academia, ele tinha certeza que eu era Jornalista ou Músico. Aí eu sem graça, disse que era advogado.

E ele insistiu: - Então é bom você aproveitar que ainda é novo e fazer Jornalismo.

E o pior de tudo é que não consigo rir na cara das pessoas. Procuro levá-las a sério inclusive em suas loucuras.

Ele mal acabou de falar isso e foi embora sem se despedir. Então tive a certeza, que ele tinha algum probleminha mental.

Mas chegando em casa fiquei intrigado pensando... hoje em dia pra ser jornalista não precisa de diploma e eu tenho esse blog e uma conta no Twitter. PRONTO... SOU JORNALISTA.

CONTINUEI PENSANDO E LEMBREI QUE AS VEZES BRINCO DE ARROTAR ALGUMAS MÚSICAS FAZENDO GRAÇA! OUTRO MISTÉRIO RESOLVIDO, SOU MÚSICO!

No final das contas, o que eu pensava ser louco era um gênio. Como eu nunca pensei nisso antes. Realmente eu sou jornalista e músico.

A primeira coisa que vou fazer amanhã é atualizar meu currículo: Além de ADVOGADO, ATOR"mentado", JOGADOR DE VOLEI APOSENTADO, VOU COLOCAR JORNALISTA E MÚSICO. YESSSSSS...

EU ACHEI QUE O CARA ERA LOUCO... LOUCO SOU EU!

Só agradeço à Deus por não ser um jornalista famoso, se não ele poderia ler minha matéria amanhã e... bom... como diriam as funcionárias do Hopi Hari antes do brinquedo sair... TCHAUÍ-TCHAUÍ.



Escrito por Jonathan Nemer às 23h16
[] [envie esta mensagem] []




Histórias iguais... reações diferentes.

Diversas vezes vejo pessoas contando suas histórias, fatos do dia a dia, ou rumo de suas vidas e identifico algumas características nesses, digamos, relatos:

Existem pessoas cujas histórias, se formos parar para ver, é uma história comum, sem brilho, sem ação, sem ator principal e sem efeitos especiais, mas que o sucesso e a trajetória tornam a história vitoriosa e encantadora.

Existem pessoas que contam suas histórias como se fossem filmes, empolgadas, com início, meio, clímax e fim, e ainda detalham tudo, até com que pé acordou, se estava usando meia, etc. Muitas dessas histórias não tem sentido, e embora toda ênfase no discurso, a história chega ao final murcha e decepcionante.

Tenho um amigo que sempre falou. Tem histórias em sua vida que podem parecer simples, corriqueiras, normais (acho que já deu pra entender né, história comum, pra quem não entendeu, agora chega de sinônimos), mas que na verdade, para ele, são histórias de cinema, que marcam, e que motivam e alegram o viver.

E ele ainda fala que para outras pessoas, essas mesmas histórias são consideradas corriqueiras e só. Histórias de conquistas de emprego, de nascimento de filho, de conhecer uma pessoa nova. Alguns já nem valorizam essas coisas.

Eu valorizo. Para mim, cada descoberta, cada conquista é memorável. É parte da minha história.

Tem histórias que participo que parecem ser únicas, parecem ser especiais e inesquecíveis, enquanto outras pessoas que vivem essa mesma história, consideram a mesma apenas mais uma.

Quando penso que Deus preparou tal situação e circunstância pra mim, conforme pedidos em oração que fiz, logo em seguida vejo que talvez foi exagero meu. Que dei valor demais a uma coisa que era apenas corriqueira. Mas não penso estar errado. Prefiro viver dando valor, dando credibilidade e confiabilidade a algo novo, do que viver retraído, escondido, temoroso.

Esse mesmo amigo que citei, vamos chamá-lo de Sassá Mutema (Se colocar o nome dele aqui, ele me mata), há pouco tempo foi traído pela namorada e ele me falou, creio que sabiamente:

"Minha próxima namorada, quando ela cair de um penhasco, não vou orar para que ela fique bem. Vou orar primeiro, para que ela não troque telefones e contato com o bombeiro que for socorrê-la."

Eu entendo sua dor. Mas vejo de forma diferente. Vou orar por sua saúde, para que ainda haja tempo de mudança, tempo de salvação, tempo esse que tantas vezes eu tive e estou tendo, para mudar a história, e tornar uma história simples, corriqueira, normal de uma vida sem Jesus, uma vida sem Jesus, em uma história de cinema, em uma história com final feliz e para sempre, em toda eternidade.

Deus escreve sua história, mas não pense como o Rá-tim-bum "SENTA QUE LÁ VEM HISTÓRIA". Se prepare e ATUE, AJA, PARTICIPE.

Seja o melhor em tudo que fizer. Ano que vem tem OSCAR, e eu pretendo ganhar, não sendo Coadjuvante, mas sendo ator principal, guiado e dirigido por Deus, independente da trama e do roteiro do filme.

Assinado: Eu... Dono do Blog.

PS: Não é a UOL. É o Jonathan. A Uol só hospeda meu Blog ok? rsss....



Escrito por Jonathan Nemer às 10h41
[] [envie esta mensagem] []


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]